notícias da OA
ÚLTIMA HORA. PRÉMIO FAD DE ARQUITECTURA PARA JOÃO MARIA TRINDADE
09.10.2009
O Prémio FAD de Arquitectura foi atribuído à Estação Biológica do Garducho, na Amareleja (Mourão, Alentejo), da autoria do arquitecto João Maria Trindade.
Os Prémios FAD, por muitos considerados os mais prestigiados à escala ibérica, são atribuídos pelo Foment de les Arts Decoratives de Barcelona a pessoas, entidades ou instituições que se candidatem com obras terminadas durante o ano anterior em Espanha e Portugal. Foram fundados em 1958 pelo arquitecto Oriol Bohigas e compreendem 4 categorias - arquitectura, interiorismo, espaços exteriores e espaços efémeros.

Mais de 522 obras, incluindo 25 de Portugal, apresentaram-se à edição deste ano, a 51ª dos Prémios FAD. Foram seleccionadas 27 finalistas - 14 em Arquitectura, seis em Interiorismo, três em Cidade e Paisagem e quatro em Intervenções Efémeras.

Entre os finalistas contavam-se ainda uma habitação unifamiliar em Marco de Canaveses de Nuno Graça Moura, o Centro Comunitário São Cirilo no Porto, de Nuno Valentim, e a Escola Superior de Tecnologia no Barreiro, de José Mateus e Nuno Mateus.

Recorda-se que, entre as obras premiadas com o Prémio FAD de Arquitectura, encontram-se o Pavilhão do Conhecimento de João Luis Carrilho da Graça (1999) e o Estádio Municipal de Braga de Eduardo Souto de Moura (2005).

A Estação Biológica do Garducho faz parte da selecção Habitar Portugal, cuja exposição está patente no espaço multiusos da Marina de Cascais até ao próximo dia 1 de Novembro.
Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA