notícias da OA
-
Tânia Araújo
Uma mão experiente e um espírito acutilante
20.10.2009
Álvaro Siza Vieira foi distinguido com o título de Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos - conforme proposta aprovada pelo Conselho Directivo Nacional no passado dia 15 de Junho. A sessão solene do Dia Mundial da Arquitectura realizou-se a 14 de Outubro, no Pavilhão de Portugal, em Lisboa.
Com esta distinção, a Ordem dos Arquitectos pretende assinalar e honrar o contributo extraordinário de Álvaro Siza Vieira para a afirmação e dignificação da Arquitectura e da Profissão de Arquitecto em Portugal e no Mundo.

“Álvaro Siza Vieira não é só o arquitecto português mais conhecido mas está também entre os mais respeitados arquitectos do mundo.
Siza Vieira teve desde sempre uma atitude comprometida com a envolvente da própria arquitectura: comprometimento com a cultura local, com a tradição da arquitectura local, a população local, a burocracia local e, claro, os agentes locais. Acredito que tenha sido este comprometimento que trouxe a Siza Vieira a reputação de integridade entre aqueles com quem tem contactado. E foi a empatia de Siza para com os mestres da arquitectura com quem contactou que o inspiraram e influenciaram.
Ao longo dos anos Siza sempre tentou evitar as tentações das novas tecnologias. Os seus estudos são empáticos sumários do que é observado. Poucos arquitectos mostraram um tão grande poder de observação e sketching. Os cadernos pretos escolares e a caneta de ponta fina são comandadas por uma mão experiente que, por sua vez, é guiada por um espírito assertivo e acutilante. Aparentemente calmo e reticente, Siza não revela com facilidade que a sua mente não só reteve o mundo da arquitectura como também penetrou noutros campos do conhecimento. Este conhecimento, o seu amor pelas artes e a sua experiência na arquitectura, deram-lhe, ao longo dos anos, elementos para a sua síntese arquitectural.
A obra de Siza Vieira é mais importante agora do que em qualquer outra altura. Conheço poucos arquitectos cuja obra tenha estado tão empaticamente comprometida com culturas pré-existentes, cuja atitude tenha sempre sido de aprendizagem para com o contexto envolvente e cuja humildade tenha assegurado uma tão equilibrada relação entre o antigo e o novo.”
WILFRIED WANG

Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
HOMEING