notícias da OA
-
CONFERÊNCIA CINCO ÁFRICAS / CINCO ESCOLAS . 25 JAN 18H30
08.01.2010
Na próxima 2ª feira, 25 de Janeiro pelas 18h30, realiza-se na Ordem dos Arquitectos em Lisboa a conferência de apresentação dos projectos Cinco Áfricas/Cinco Escolas que representaram Portugal na 8ª Bienal Internacional de Arquitectura de São Paulo e que estão agora em exposição na Ordem dos Arquitectos. Na ocasião será também apresentado o catálogo da exposição na Livraria A+A.
Estará presente o Director-Geral das Artes do Ministério da Cultura, Jorge Barreto Xavier, e o Presidente da Ordem dos Arquitectos, João Belo Rodeia. Com introdução do comissário da exposição, Manuel Graça Dias, os arquitectos participantes, Inês Lobo, Jorge Figueira, Pedro Maurício Borges, Pedro Reis e Pedro Ravara + Nuno Vidigal, vão apresentar os projectos de escolas criados para lugares específicos dos cinco países africanos de língua portuguesa (Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique).
Como representação na BIA’09, entre 31 de Outubro e 6 de Dezembro, Cinco Áfricas / Cinco Escolas foi organizada e produzida pela Direcção-Geral das Artes do Ministério da Cultura. A apresentação em Lisboa é feita em co-produção com a Ordem dos Arquitectos e em parceria com a Livraria A+A.

A proposta de Portugal para a BIA’09 revestiu-se, do ponto de vista institucional, de especial interesse indo ao encontro da Declaração dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (adoptada em 2000, por todos os 189 Estados Membros da Assembleia Geral das Nações Unidas), nomeadamente pela «Meta 2. Garantir que, até 2015, todas as crianças, de ambos os sexos, terminem um ciclo completo de ensino primário (...)»

Pretende-se, agora, que Cinco Áfricas / Cinco Escolas não se esgote na exposição, uma vez que o projecto foi pensado como uma oportunidade de construção efectiva das escolas nos locais para os quais foram idealizadas.

EXPOSIÇÃO CINCO ÁFRICAS / CINCO ESCOLAS

Numa iniciativa da Direcção Geral das Artes em co-produção com a Ordem dos Arquitectos, inaugurou no passado dia 16 de Janeiro, a exposição Cinco Áfricas / Cinco Escolas, que representou Portugal na 8ª Bienal Internacional de Arquitectura de São Paulo. A exposição estará patente até ao dia 25 de Janeiro.
Para mais informações sobre os conteúdos da Exposição, clique aqui

Comissariada por Manuel Graça Dias, Cinco Áfricas / Cinco Escolas envolve cinco projectos para cinco edifícios escolares nos cinco países africanos de língua oficial portuguesa (Cabo Verde, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique), que se caracterizam pela qualidade conceptual, pela adequação às condicionantes locais e por critérios de sustentabilidade, em termos de manutenção futura e de resposta social e ambiental.
Com projectos de Inês Lobo, Pedro Maurício Borges, Pedro Reis, Jorge Figueira, e Pedro Ravara + Nuno Vidigal, a iniciativa reveste-se de especial interesse, na medida em que vai ao encontro da Declaração dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (adoptada em 2000, por todos os 189 Estados Membros da Assembleia Geral das Nações Unidas), designadamente pela «Meta 2. Garantir que, até 2015, todas as crianças, de ambos os sexos, terminem um ciclo completo de ensino primário (...)».
A partir dos projectos entretanto desenvolvidos, foram executadas cinco maquetas a uma escala expressiva que constituem o objecto principal da exposição. Foi editado um catálogo que ilustra o método de trabalho e os resultados da acção. 



Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
HOMEING