outras notícias
-
3ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa | Close, Closer
07.12.2012
Close, Closer, a 3a edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa propõe iniciar uma discussão sobre a prática espacial contemporânea. Liderada pela curadora geral Beatrice Galilee, uma equipa de jovens curadores desafia o público em geral a uma análise crítica do potencial da produção arquitetónica através de exposições experimentais, debates, performances e eventos espalhados pela capital portuguesa.

De 12 de Setembro a 15 Dezembro, 2013, quatro projetos curatoriais vão olhar a arquitetura enquanto agência de transformação e desenho do espaço; enquanto força viva, social, cultural e política cujo papel está em rápida transformação no atual cenário global. A exposição Futuro Perfeiro, com curadoria de Liam Young, reúne cientistas, tecnologistas, visionários para construir a cidade do amanhã. A Realidade e Outras Ficções, de Mariana Pestana, é uma exposição constituída por instalações multidisciplinares à escala 1:1, totalmente funcionais, que exploram a estranheza de um lugar situado entre realidade e ficção. Ao longo de 3 meses e situado numa praça da cidade de Lisboa, o programa Novos Públicos, com curadoria de José Esparza, aspira a criar um palco político onde se vão materializar argumentos, polémicas, propostas e estratégias de construção de uma realidade social coletiva. Em reconhecimento do papel determinante de revistas, galerias, bibliotecas e museus na definição e articulação da paisagem arquitetónica contemporânea, Efeito Instituto convida 12 destas instituições a apresentar-se em Lisboa num sistema de curadoria rotativa. Em simultâneo, um programa alargado e multidisciplinar de eventos vai conferir amplitude e ressonância ao programa, com as perspectivas e contributos de outras esferas criativas.
Close, Closer procura estabelecer uma plataforma para a exploração e proposta de outputs alternativos para as competências da arquitetura, novas formas através das quais a disciplina continua a dinamizar e transformar as nossas cidades e a forma como as habitamos. A Trienal estruturou quatro vias privilegiadas de participação, quatro desafios que visam inspirar e gerar massa crítica. O objetivo é envolver o maior número possível de participantes, facultando-lhes a oportunidade de se fazer ver e ouvir, e sobretudo, pondo à sua disposição os meios para concretizar as suas ideias e a sua visão de uma prática espacial significativa.
Esta é uma oportunidade de trabalhar com um brief específico, formulando uma resposta de base projetual que pode vir a ser materializada e apresentada em Lisboa, ou de expor projetos independentes com ligações temáticas ou disciplinares a Close, Closer. Durante 3 meses, a Trienal pode ser o palco para a apresentação das ideias originais de criativos portugueses e não só, perante uma audiência internacional de especialistas, opinion-leaders, decisores políticos e cidadãos.
Convidamos arquitetos, teóricos, estudantes, artistas, designers, estrategas – e todos os interessados – a juntar-se a Close, Closer e contribuir para um diálogo aprofundado e enriquecedor sobre uma arquitetura e prática espacial urbana mais expansiva, colaborativa e transversal.

Programa de bolsas Crisis Buster

Em resposta direta ao impacto social derivado da recessão e ao défice cívico e cultural criado pela crise na Europa, a Trienal lança um programa de bolsas. Em valores que medeiam entre os 500€ e os 2500€, estas bolsas serão atribuídas a ideias anti-crise, de índole cívica para Lisboa e refletem o atual espírito social e empreendedor que surgiu na cidade. Trata-se de uma oportunidade de aplicar o pensamento e estratégias projetuais da arquitetura ao contexto e problemáticas urbanas, que pode simultaneamente dar apoio e visibilidade a iniciativas locais já existentes. Acreditamos que os projetos resultantes, para além de procurar dar resposta a problemas existentes, vão produzir contribuições com valor estético e outras mais-valias para a cidade passíveis de ser compreendidas, adoptadas e replicadas além-fronteiras.

Regulamento e inscrições.
Data limite para as candidaturas: 18 Fevereiro 2013

Convite à participação de Projetos Associados

Lançamos o convite à apresentação de propostas de projetos com financiamento independente que respondam diretamente ao tema Close, Closer. Estas ideias – exposições, conferências ou eventos pontuais – formarão os eventos associados da Trienal de Arquitectura de Lisboa de 2013. O tema da pluralidade na prática espacial abre-se a interpretações e apropriações diversas e aguardamos com expetativa ideias vindas de todo o mundo.

Regulamento e inscrições.
As propostas serão revistas a cada seis semanas até dia 6 de Maio 2013.

Prémio Début Trienal de Lisboa Millennium BCP

A Trienal de Arquitectura de Lisboa atribuirá pela primeira vez um prémio a um jovem arquiteto ou estúdio, em reconhecimento do seu trabalho e como forma de encorajar a sua carreira. O prémio está também aberto a gabinetes ou coletivos com uma média etária inferior a 35 anos, tanto nacionais como internacionais. Para além das candidaturas espontâneas, uma lista de candidatos nomeados será elaborada por 50 personalidades portuguesas e internacionais. Todos os candidatos a concurso, quer auto-propostos quer nomeados, terão de submeter a concurso materiais para avaliação. O vencedor será selecionado pela equipa curatorial e por um especialista escolhido pela Direção da Trienal. O prémio atribuído ao vencedor será de 5000€, sendo ainda atribuídas 10 menções honrosas.

Regulamento e inscrições.
Data limite para as candidaturas: 21 Junho 2013

Mais informações no site da Trienal de Arquitectura e no site Close, Closer.



Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
Architects on business 2017