agenda
-
10ª Bienal das Cidades e dos Urbanistas da Europa
24.07.2013
Cascais, 18 a 21 de Setembro de 2013
Novos paradigmas, desafios e oportunidades das cidades europeias
O contributo do urbanismo para superar a crise


Uma criança que nasce hoje viverá até 2090. Estamos também a preparar as nossas cidades para eles. Como fazê-lo? Como combinar os novos paradigmas, a nova qualidade de vida nas cidades, enquanto se ultrapassa a crise atual?
Estamos num momento decisivo da nossa civilização. Pela primeira vez na história da humanidade é necessário enfrentar os limites do crescimento para controlar o aquecimento global e para aplicar a sustentabilidade. É uma tarefa universal e multidimensional, com componentes em sistemas diversos, do local ao global, dos cidadãos às empresas e aos governos, da biodiversidade às infraestruturas, da água à agricultura, da terra ao mar, da investigação às novas tecnologias, dos transportes ao desenho urbano, da habitação à estrutura verde, da estratégia à gestão, do longo prazo ao curto prazo, da governança ao modelo de governo transectorial, da visão à implementação, e do ambiente à inclusão social. A nossa solidariedade com as novas gerações obriga-nos a um processo de mudança. Esta mudança inclui novas abordagens políticas, novas tecnologias, novos conceitos e novos paradigmas. A energia, a agricultura, os transportes, a estrutura verde, o desenvolvimento regional, o urbanismo, a habitação, etc., vão mudar.
A Era Industrial produziu novos modelos urbanos, teorias, metodologias e práticas. Outros modelos serão produzidos durante a próxima Era. A maioria da população é urbana. A tendência é crescente. Os problemas, os desafios, as oportunidades, os novos paradigmas e as soluções terão lugar nas cidades. Como preparar as cidades para os desafios e oportunidades do futuro? Quais são os novos paradigmas e as soluções?
Entretanto, existe uma crise financeira e económica que envolve as cidades. A resolução desta crise deve ser interligada com os novos paradigmas e soluções. Quais são as contribuições do urbanismo para superar a atual crise financeira e económica? Como é que as cidades e vilas da Europa estão a enfrentar a crise? Como é que estão a enfrentar as desigualdades sociais?

A Bienal tentará responder a estas perguntas e focar-se-á nestes assuntos a vários níveis:

Abordagem teórica, com intervenções por oradores especialistas e autores de comunicações (ao nível global e específico sobre energia, água, informação, participação pública, demografia, ambiente, novas tecnologias, novos materiais, novas metodologias, etc.);
Encontro de Autarcas;
Workshop Cascais Novos Paradigmas;
Workshop de Jovens Urbanistas: Cidades com pouco Financiamento;
Práticas de referência de soluções urbanas inovadoras;
Práticas de referência de planos e projectos inovadores que foram recentemente concluídos;
Exemplos de referência de novas tecnologias recentemente desenvolvidas;
Exposição dos projetos premiados e conferência sobre os últimos dois prémios europeus de urbanismo;
Exposição de Cartazes e apresentação das 10 candidaturas selecionadas do Cascais Prémio de Urbanismo 2013.

Keynote Speakers
Exposições
Workshops
Toda a informação



Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA