agenda
Koolhaas Houselife
-
-
Living Architectures: Maratona Cinematográfica . 16 de Setembro
13.09.2013
16 de Setembro
19h à 01h03
sede da OA
inclui uma conversa com os realizadores Louise Lemoîne & Ila Bêka e os convidados Edward Dimendberg e Luís Urbano
Para assinalar o fim das candidaturas ao Habitar Portugal 0911 realiza-se, pela primeira vez em Portugal, uma maratona cinematográfica com a obra total de Louise Lemoîne & Ila Bêka. A obra cinematográfica destes autores mostra, exactamente, a arquitectura sob estes aspectos menos comuns do retrato da obra arquitectónica e que são, contudo, mais próximos do habitar, desde o impacto de uma nova obra e a sua respectiva construção no seio de uma comunidade local, como em “Xmas Meier”, ou as aventuras e peripécias de uma empregada doméstica durante o seu quotidiano numa casa (dis)funcional, como ilustra “Koolhaas Houselife”, relembrando, por exemplo, Monsieur Hullot ou ainda como os ritos e rituais da apanha da uva transformam, temporariamente, uma adega familiar, onde, no entanto, as diferentes mãos e os seus rastos deixam traços perenes numa porta, como se toca em “Pomerol, Herzog & De Meuron”.


Programa

19.00: Apresentação pelo comissariado da Maratona no âmbito da Habitar Portugal e breve explicitação sobre a fase seguinte (da selecção e respectivos critérios) da Habitar Portugal 09_11, terminada a fase de candidaturas pelos Arquitectos.

19.10: GEHRY’S VERTIGO (48 minutos)

19.58: XMAS MEIER (51 minutos)

21.00: Conversa com os realizadores Louise Lemoîne & Ila Bêka e com os convidados Edward Dimendberg e Luís Urbano. Lançamento dos livros recentes dos diferentes autores, incluindo sessão de autógrafos com a parceria da Livraria A+A.

21.40: KOOLHAAS HOUSELIFE (58 minutos)

22.38: POMEROL, HERZOG & DE MEURON (51 minutos)

23.39: INSIDE PIANO
Inclui: The Little Beaubourg (26 minutos), The Submarine (39 minutos), The Power of Silence (34 minutos)

01.03: Encerramento da Maratona.


Biografias dos autores

Louise Lemoîne & Ila Bêka
Louise Lemoîne é uma cineasta francesa, vive e trabalha entre Bordéus e Paris, formada em cinema e filosofia pela Sorbonne, Paris. Ila Bêka é um artista italiano e cineasta, vive e trabalha juntamente com Louise Lemoîne, tendo-se formado em arquitectura pelo IUAV de Veneza e pela Ecole Nationale Supérieure de Paris-Belleville. Apresentados, por Nicolai Oroussoff, no The New York Times, como "figuras de culto do mundo da arquitectura europeia", desenvolvem, sobretudo, um trabalho experimental sobre a obra de arquitectura, tentando criar novas narrativas e formas cinematográficas para representar a arquitectura contemporânea. A singularidade do seu trabalho revela um olhar subjectivo, criativo e humorístico sobre obras-primas da arquitectura retratadas através da sua vida quotidiana.

Mais informações sobre os autores ou sobre os filmes (onde podem, também, ser visualizados os respectivos trailers: http://www.living-architectures.com.

Edward Dimendberg
Professor de Estudos Fílmicos, Visuais e Alemão na School of Humanities da University of California, Irvine, tem como áreas de interesse e investigação o cinema, a arquitectura e o urbanismo (e a relação entre os três), autor reconhecido, editou, juntamente com Anton Kaes e Martin Jay, The Weimar Republic Sourcebook (University of California Press, 1994) e publicou um dos livros fundamentais sobre a relação entre cinema e arquitectura Film Noir and the Spaces of Modernity (Harvard University Press, 2004) e, recentemente, sobre a produção de imagens Diller Scofidio + Renfro: Architecture after Images (University of Chicago Press, 2013).

Luís Urbano
Arquitecto licenciado pela Universidade de Coimbra e pós-graduado em “Arquitectura, Território e Memória” pela mesma instituição. Actualmente, desenvolve o seu doutoramento sobre Arquitectura e Cinema na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), onde é, igualmente, docente. Escreveu artigos sobre as intersecções entre a arquitectura e o cinema para JA – Jornal Arquitectos, Vírus, Dédalo, Indian Architect and Builder, bem como para livros como “SMS:SOS” (Edições ASA, 2003) "Designing Spaces: From Nature to Metapolis" (FLUP; 2004) e "Espaço como desejo" (FAUP; 2005). Co-editou "Designing Light" (FAUP, 2007) e Mundo Perfeito (2008). Coordenou 3 edições do Workshop Internacional Cinemarchitecture (2008, 2009 e 2010). Participou, igualmente, em conferências sobre arquitectura e cinema nos IV Encontros de Cinema Coimbra (1999), Museu de Serralves (2003), FAUP (2003, 2008 e 2010), Universidade Lusófona (2007), Design Cinema Conference, Istanbul (2008), Archfilm, Viena (2009), Universidade do Minho (2010), Society for Cinema and Media Studies Conference, Los Angeles (2010).

Depois da mesa-redonda terá lugar um "book signing" dos livros apresentados no contexto desta maratona, bem como a apresentação em Lisboa do livro da Ruptura Silenciosa, com o apoio da livraria A+A.

Mais informações no site Living Architectures.

A conversa com os realizadores Louise Lemoîne & Ila Bêka e os convidados Edward Dimendberg e Luís Urbano obteve a validação de 1 crédito, no âmbito da formação obrigatória em temáticas opcionais dos estágios de ingresso na O.A.



Documentos

Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
CARMO