agenda
-
Conferência Wilfried Wang
18.10.2013
23 Oct 13
16.30-17.30h
IST. Auditório do Complexo Multidisciplinar
SAAEuropeu
(Serviço Ambulatório de Apoio Europeu)
SAAL 2.0




Wilfried Wang contribuiu grandemente para aprofundar o conhecimento da arquitectura contemporânea e dos autores portugueses, com destaque nos anos 80 para a escola do Porto e para as figuras de Álvaro Siza, mas também Eduardo Souto de Moura, arrastando consigo o interesse de outros autores pela especificidade da nossa produção arquitectónica.

Para além disso ou por isso mesmo, é ele próprio um autor de referência e uma figura da cultura arquitectónica do mundo. Wilfried Wang fundou com Barbara Hoidn em 2001 a HOIDN WANG PARTNER, em Berlim. Desde 2005 tem a cátedra O’Neil Ford Centennial Professor in Architecture na University of Texas at Austin.

Nascido em Hamburgo, Wang estudou arquitectura na Bartlett, University College, em Londres. De 1989 a 1995 trabalhou em parceria com John Southall. Juntamente com Nadir Tharani co-editou a Revista 9H (1979-1995), com Richard Burdett foi co-diretor da Galeria 9H (1985-1990). Entre 1995-2000 foi o diretor do DAM, Museu Alemão de Arquitectura. Ensinou em Londres no Polytechnic of North London, na University College, na ETH Zurich, na Harvard Graduate School of Design e na Universidade de Navarra.

Wang é o autor de diversos ensaios e monografias sobre a arquitectura do século XX. Presidente do conselho de administração da Fundação Schelling Architecture, vice-presidente do conselho para o projecto de revisão do Aeroporto de Munique e vice-presidente da Academia das Artes de Berlim.

É membro da CICA (Comité International des Critiques d'Architecture da UNESCO), membro honorário da Federação dos Arquitectos Alemães (BDA), membro da Academia Real de Belas Artes de Estocolmo e Doutor Honoris Causa pelo the Royal Institute of Technology, de Estocolmo.

Contrariamente à produção massificada, Wilfried Wang tem defendido a criação feita em continuidade cultural. Uma ideia de “Bom desenho” capaz de resgatar uma utilitas lida como responsabilidade ou como sustentabilidade.

Foi neste quadro que , a partir dos anos 80, i.e., nas últimas quatro décadas, Wilfried Wang conheceu, interessou-se, estudou e investigou a potência da produção arquitectónica portuguesa realizada num lugar periférico, habituado a uma certa invisibilidade em relação aos centros de produção da história formal.

Wang vai resgatar uma sofisticada experiência espacial, feita de luz e de matéria, feita da vontade de prolongar o lugar.

Estudou e escreveu sobre Adolf Loos, Álvaro Siza , Peter Celsing, Herzog & de Meuron, Tatiana Bilbao, Lewerentz, Scharoun, Joseph Frank, Eileen Gray, para mencionar apenas alguns. O alcance teórico dos seus estudos promoveram novos enquadramentos e enfoques em ensaios como: "Time to Change Paradigm: The Ecological Challenge to Architecture" in Green Architecture for the Future ,Louisiana Museum of Modern Art, Denmark.



Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
HOMEING