agenda
Agostinho Ricca - Igreja Nossa Sra da Boavista
sylva sylva
ARQUITECTURA RELIGIOSA MODERNA na Diocese do Porto
05.06.2015
Visita a obras e conferência
SÁBADO, 20 DE JUNHO DE 2015

No próximo dia 20 de Junho (sábado) irá realizar-se um dia de visitas a igrejas modernas na Diocese do Porto.
Esta visita é a terceira a ser organizada por um grupo de vários jovens arquitectos particularmente interessados na temática da arquitectura religiosa contemporânea. Em 2013, à volta de Lisboa, tivemos a oportunidade de conhecer, entre outras, as igrejas projectadas por João de Almeida (Paço de Arcos, 1969), Pedro Vieira de Almeida (Brandoa, 1989), Miguel Pimentel (Carnaxide, 1995) e Roseta Vaz Milheiro (Galiza, Cascais, 2009). Em 2014 visitámos algumas das igrejas realizadas pelo SNIP (Secretariado das Novas Igrejas do Patriarcado de Lisboa) para a região do Oeste entre 1975 e 1995, de que destacámos as recuperações e ampliações realizadas pelos arquitectos Diogo Lino Pimentel e António Flores Ribeiro (Runa, 1975 e Ramalhal, 1983).

Em 2015, associando-nos às comemorações do centenário do nascimento do arquitecto Agostinho Ricca, propomos a visita a duas das quatro igrejas que projectou - Complexo Paroquial de Nossa Senhora da Boavista (Porto, 1974-99) e Santuário de Santo António (Vale de Cambra, 1986-93), encomendas das décadas de 1970 e 1980, respectivamente. São obras de excelência de um autor cujo percurso ímpar ressalta no panorama da renovação da arquitectura religiosa moderna realizada em Portugal na segunda metade do século XX, veja-se a mestria com que controlou toda a unidade da obra. 

Complementarmente, propomos também a visita a outras obras de arquitectura religiosa moderna na diocese do Porto que antecederam aquelas duas encomendas. O conjunto das obras seleccionadas é um património diversificado e pouco conhecido que testemunha a participação da Igreja na construção da cidade. A expressão dos edifícios e a natureza dos programas espelham novos entendimentos sobre o lugar da igreja na urbe. São obras idealizadas por arquitectos formados nas Belas Artes do Porto que, com a obra sonhada e construída, conquistaram a modernidade para a arte ao serviço da Igreja. Na periferia e no centro, percorreremos obras de Fernando Távora (igreja de S. João de Ver, 1959-2008), Álvaro Siza (centro paroquial de Matosinhos, 1956-59), Luís Cunha (centro de caridade Perpétuo Socorro, Porto, 1964-73) e Fernando Abrunhosa de Brito (seminário da Boa Nova, Valadares, 1967-69).

As visitas, com inscrição obrigatória em https://sites.google.com/site/visitaarqreligiosamoderna2015, terão início às 9h30, junto da Igreja Nossa Senhora da Boavista, na Rua Azevedo Coutinho (Foco). A inscrição, no valor de 25,00 euros, incluí transporte e almoço (no Seminário de Valadares). Existe também a possibilidade da inscrição apenas nas visitas, sem transporte e almoço (15,00 euros). Prevê-se o regresso à igreja de Nossa Senhora da Boavista pelas 18h00, onde às 21h30 se realizará uma conferência com entrada livre, em torno do arquitecto Agostinho Ricca e do complexo paroquial da Boavista, pelos arquitectos João Alves da Cunha, Helena Peixoto e João Luís Marques.



Documentos

Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
Architects on business 2017