agenda
-
Workshop de verão | Técnicas tradicionais para intervenção em edifícios históricos
08.07.2015
20 a 26 Julho

Tem-se como objectivo formar sobre as características formais e materiais das construções da Mata do Buçaco, compreender a acção dos agentes de degradação nas construções antigas e apresentar os principais princípios éticos que devem ser aplicados em intervenções em edifícios históricos.

O curso terá uma forte componente prática visando a intervenção nos seguintes elementos da construção - alvenaria, cobertura e revestimentos. Desde o diagnóstico, passando pela fundamentação das metodologias de intervenção e sua implementação ter-se-á possibilidade de conhecer, contactar e aplicar as técnicas ancestrais de construção (especificamente as aplicadas no século XVII) e sua reparação face à acção de uma catástrofe natural.

Programa

Dia 20

- Recepção aos participantes – Palace Hotel do Bussaco

(António Gravato, Presidente do conselho directivo da Fundação Mata do Buçaco e Carlos Fonseca, coordenador na Universidade de Aveiro do protocolo de colaboração UA-FMB

Teórica (Palace Hotel do Bussaco)

- Contextualização histórica e patrimonial (Filipe Teixeira, FMB)

Prática (Ermida de São José)

- Levantamento do estado de degradação da ermida

- Remoção das zonas degradadas do revestimento



Dia 21

Teórica (Palace Hotel do Bussaco)

- Reabilitação de estruturas de madeira (Alexandre Costa e Tiago Ilharco, NCREP)

Prática (Ermida de São José)

- Execução de argamassas

- Execução de emboço exterior e interior



Dia 22

Teórica (Palace Hotel do Bussaco)

- Revestimentos - materiais e técnicas (Ana Velosa e Luís Mariz, DECivil/UA)

Prática (Ermida de São José)

- Execução de rebocos



Dia 23

Teórica (Palace Hotel do Bussaco)

- Conservação e reabilitação de abóbadas (Luís Domingos, Aldeias de Pedra)

Prática (Ermida de São José)

- Execução dos tetos da cozinha (madeira e cortiça)



Dia 24

Teórica (Palace Hotel do Bussaco)

- Reabilitação de coberturas (Pedro Lourenço, Umbelino Monteiro)

Prática (Ermida de São José)

- Fecho da cobertura



Dia 25

Prática (Ermida de São José)

- Trabalhos acessórios





Módulos e conteúdos programáticos

Módulo 1. História, materiais e intervenção – 1 dia
1.1 História e contexto

(teórico, visita guiada comentada).

- Ordem Carmelita - regra e seus princípios.

- Contexto sócio-cultual para edificação de espaços habitáveis e coberto vegetal.

- Evolução do espaço no tempo e o “Deserto Carmelita” hoje

1.2 Materiais, construção, degradação e intervenção (alvenarias)

(teórico-prático, visita guiada ao edifício).

- Materiais construtivos e seu emprego na construção.

- Técnicas de construção de alvenaria.

- Agentes de degradação e ação nos materiais.

- Técnicas de intervenção aplicadas a edifícios históricos.

Intervenção em coberturas - carpintaria e telhado. Como se construía, para se reconstruir

(prático).

- Registo histórico (levantamento geométrico) e projeto.

- Diagnóstico de anomalias e seu mapeamento.

- Definição da metodologia de intervenção (planeamento).

- Aplicação de revestimento cerâmico.

Módulo 2. Intervenção em acabamentos da construção – rebocos e tectos – 4 dias

(prático).

- Diagnóstico de anomalias e seu mapeamento.

- Definição da metodologia de intervenção (planeamento).

- Revestimentos de parede (reboco e pintura)

- Revestimento de tectos (cortiça)





Preço: 100€/pessoa (inclui alojamento e almoço) ou 30€/pessoa (s/alojamento e s/almoço)

Inscrições: patrimonio@fmb.pt | 231 937 000

Toda a informação.




Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
TERÇAS TÉCNICAS