agenda
-
Experimenta Design 15
05.11.2015
SEMANA INAUGURAL
5ª feira . 12 NOV
PORTO E MATOSINHOS
6ª feira . 13 NOV
LISBOA
Toda a informação aqui.

A EXD’15 continua o processo de renovação da Bienal iniciado em 2013 apresentando ainda mais novidades nesta edição ao descentralizar-se da capital e ao alargar o seu trabalho aos países africanos de língua portuguesa.

Assim, este ano a Bienal marca a sua inauguração no Porto e em Matosinhos, em parcerias estratégicas com os dois municípios, fazendo depois a abertura em Lisboa, com os diversos eventos a inaugurar durante 2 dias. Isto permite não só ampliar o acesso aos conteúdos a novos públicos, mas também uma implicação mais activa da comunidade criativa do Norte do país.

2015 vem reforçar a componente de trabalho da Bienal sobre a criatividade falada em português, através da apresentação de um projecto de pesquisa que vai ao encontro do design em África, centrado nos países de língua portuguesa.

Também o modelo do Serviço Educativo foi redesenhado nesta edição, apostando numa componente formativa muito expressiva, vocacionada para um público adulto, que poderá ser jovem, estudantil ou profissional, com interesses específicos nas áreas de trabalho da Bienal.

Pelo seu carácter inovador, desde a sua primeira edição em 1999, que a EXD tem sido um exemplo de uma plataforma de pensamento, pesquisa e divulgação independente e criativa, no panorama português e internacional, e é nesse sentido que continuará a trabalhar.


TEMA
AS FAR AS THE MIND CAN SEE


A capacidade de descobrir, e a de criar algo inteiramente novo, está directamente relacionada com a forma como utilizamos um dos nossos mais fascinantes dispositivos biológicos, o cérebro. O acto de projectar, em design, está intimamente ligado à nossa faculdade de ver o que ainda não está formalizado e de o conseguir desenhar de modo a que possa ser realizado. É uma possibilidade única comum à humanidade.

Estabelecendo uma ligação com o tema da edição de 2013, No Borders, que representou o expandir de fronteiras, onde o foco estava na ideia de abrangência colectiva, o tema da EXD’15 centra-se no indivíduo, nas suas capacidades singulares de abstracção e invenção, no que lhe permite ir mais além, alcançar diferentes pontos de vista e desenhar o novo. São capacidades individuais que todos temos – muito diversas em termos de plasticidade e competências – e que apresentam inúmeras especificidades, quer ao nível biológico quer ao nível da sua contextualização. Embora de carácter individual, são a base para gerar produtos, em vários formatos, capazes de evoluir com a condição global contemporânea e, inevitavelmente, transformar o colectivo.

É sobre a dinâmica intelectual individual da produção criativa, e essa faculdade de ver até onde a mente nos permite, que esta 9a edição da Bienal se centra, observando-a em tempos e geografias diferentes.


Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
HOMEING