outras notícias
-
Vencedores do Programa Millennium de Bolsas de Investigação na Área da Cidade e da Arquitetura “Cidade e Património Arquitetónico do Séc. XX: 1910-1974”
06.11.2015
Já são conhecidos os vencedores do Programa Millennium de Bolsas de Investigação na Área da Cidade e da Arquitetura “Cidade e Património Arquitetónico do Séc. XX: 1910-1974”.

O Júri constituído por Ricardo Carvalho, Presidente Executivo da Fundação da Juventude; Ana Vieira, Presidente do Conselho Nacional de Admissão da Ordem dos Arquitectos; Álvaro Domingues, Geógrafo e Professor e Investigador na FAUP; João Rafael Santos, Professor e Investigador na FAUL; e por Rui Correia, Professor e Investigador na ESG, reuniu ontem e decidiu, por unanimidade, atribuir 8 Bolsas de Investigação no valor de €2250/ cada aos projectos seguintes:


João Luís Maia e Silva
Caldas da Rainha: Um caso Paradigmático do Modernismo em Portugal?

Rodrigo Moreira Lopes Lino Gaspar
Parque Estoril – Evolução de um Território de Arquitetura

Ana Carolina dos Santos Sumares
Primeiras Habitações de Renda Económica no Funchal 1935-70

Tiago farinha Rodrigues
Vale das Abadias

João Nuno Covas Quinas
Filipe José Lacerda Neto
Mação: Espaço entre necessidade e desejo

Júlio Manuel Faria Senra
O Rio Leça e a Identidade Industrial da Maia

Maria João Pedro Soares
André Barros Prata Ferreira da Silva
As escolas dos Centenários em Oliveira de Azeméis

Daniela Pereira Alves Ribeiro
(Infra)estruturas de produção energética. O carvão no sistema urbano do Porto

Como resultado do não enquadramento de dois projectos concorrentes para as cidades de Santa Maria da Feira e de Vila de Rei, a Fundação da Juventude anuncia que está aberta uma call para propostas de trabalhos de investigação que dêem especial enfoque no papel da Arquitetura na proteção e preservação do património cultural nacional apenas para as cidades de Santa Maria da Feira e Vila de Rei.

As regras do regulamento inicial deste Programa de Bolsas que pode ser consultado aqui: http://ms1.fjuventude.pt/barquitetura/programa/ mantém-se e o prazo de candidatura termina a 16 de Novembro. Podem candidatar-se a este Programa, Jovens Arquitetos com inscrição válida na Ordem dos Arquitectos portuguesa, enquanto membros efectivos, cujo ano de nascimento seja posterior a posterior a 1980, inclusive ( com idade até aos 35 anos).

O Programa Millennium de Bolsas de Investigação conta, para além da Fundação Millennium bcp como mecenas oficial, conta, ainda, com a Ordem dos Arquitectos na qualidade de parceiro científico, e com o apoio das seguintes autarquias: Caldas da Rainha, Cascais, Figueira da Foz, Funchal, Mação, Maia, Oliveira de Azeméis, Porto, Santa Maria da Feira e Vila de Rei.


Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
HOMEING