agenda
-
Centenário da Avenida da Cidade
27.06.2016
No Centenário da Avenida da Cidade é uma iniciativa conjunta da Fundação Marques da Silva e da Câmara Municipal do Porto, desenhada com a finalidade de assinalar o início do processo de construção do centro cívico do Porto, simbolicamente datado a 1 de fevereiro de 1916, com a cerimónia de remoção da primeira pedra do edifício da antiga Câmara pelo então Presidente da República, Bernardino Machado, momento esse evocado no dia da efeméride através da sessão "Primeira Pedra".

O programa de celebração do arranque da construção da Avenida das Nações Aliadas e dos "novos" Paços do Concelho tem como Comissário Domingos Tavares, Arquiteto e Professor Jubilado, com o título de Professor Emérito da Universidade do Porto. Aberto à cidade, articula-se em três módulos, de natureza e forma distintos, mas complementares entre si: visitas guiadas; conferências/debate; exposição.

O primeiro módulo - Visitas guiadas - aborda a Arquitetura da Avenida. São 5 visitas, a 5 edifícios emblemáticos, apresentados por 5 arquitetos. A decorrer entre 21 de maio e 2 de julho, com ele se pretende trazer ao debate a importância da conceção particular dos diferentes edifícios que, pela sua escala, material ou expressão, à medida que se foram construindo, estabeleceram a caraterização espacial do Centro Cívico do Porto, transformando um plano abstrato de intenções formais como foi o estudo de Barry Parker de 1915, numa cidade real ao serviço do povo.

O segundo módulo - Conferências-Debate - decorre entre 19 de setembro e 3 de outubro, no Café-Concerto do Teatro Rivoli. De carácter internacional, pretende proporcionar a ocasião para debater as diferentes ideologias e soluções equacionadas ao longo do processo, bem como a síntese plasmada no construído. Está distribuído por 3 sessões: 19 de setembro, às 19:00, com Andrew Saint e Rui Tavares; 26 de setembro, às 19:00, com Elisabeth Essaïan e Manuel Mendes; 3 de outubro, às 21h30, com Paulo Pereira e o comissário do programa, Domingos Tavares.

O terceiro módulo - Exposição -, com orientação científica de Clara Vale, apresenta o resultado de um processo de questionamento sobre o que faz sentido recuperar e transmitir para futuro, sobre o modo como num espaço restrito se pode condensar um tempo longo de criação e alteração de um espaço urbano e de um conjunto de edifícios que lhe servem de fronteira e definição, com base numa leitura estruturada em níveis diferenciados de referenciação histórica e geográfica, onde se sobrepõem as diferentes narrativas e perspetivas de entendimento. Decorre no sétimo piso do edifício do Palácio dos Correio, com data a anunciar brevemente.

Toda a informação.


Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
CARMO