agenda
-
4º Edição da Trienal de Arquitectura / exposições
10.10.2016
6 de Outubro – 11 de Dezembro

É sob o título A Forma da Forma que a 4ª edição da Trienal de Lisboa (6 de Outubro – 11 de Dezembro) se ergue e procura estimular, investigar e aprofundar questões pertinentes em torno de várias posições contemporâneas sobre a prática da arquitectura.

As diferentes concepções sobre arquitectura serão apresentadas na dissecação de vários tópicos, nomeadamente através dos aspectos estéticos, técnicos, sociais e políticos. Este trabalho vai ser dividido em quatro exposições nucleares que partilham a mesma génese e o visitante dará conta disso mesmo: pelos diálogos da autoria das obras; o universo visual; as propostas de uso às formas etc.

No texto curatorial pode-se ler ainda: “a programação vai realçar os desafios que os arquitectos enfrentam nos dias de hoje.”

Destacamos as exposições nucleares. Conheça aqui a programação completa.

MAAT
Exposição: A Forma da Forma com curadoria de Diogo Seixas Lopes

“Um legado fundamental da arquitectura é a sua própria forma. Não só a história se constrói a partir desse universo visual, mas a forma é também uma linguagem comum que agrega arquitectos de todo o mundo em torno de uma conversa colectiva. Nesta exposição, a partir de um arquivo potencialmente infinito, três arquitectos constroem um diálogo que desafia as noções de autoria e os limites da forma.”

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN
Exposição: Obra com curadoria de André Tavares

“Da comunicação entre projecto e obra, da organização do tempo e do dinheiro, até à retórica política ou à excitação tecnológica, é na obra que tudo se joga.”

CCB
Exposição: O Mundo nos Nossos Olhos com curadoria de FIG Projects

“A exposição O Mundo nos Nossos Olhos incide sobre o espaço urbano e o título pode ser interpretado a vários níveis. Os curadores deste núcleo são Fabrizio Gallanti e Francisca Insulza que, em 2003, fundaram o FIG Projects como uma plataforma que promove iniciativas interdisciplinares e explora as fronteiras entre arquitectura, investigação urbana e artes visuais.”

Sede da Trienal de Arquitectura
Exposição: Sines: Logística à Beira-Mar com curadoria de Marta Labastida e Rui Mendes

"Como pode a arquitectura intervir na mecânica produtiva das infra-estruturas logísticas? Como pensar em usos partilhados e nos espaços de fronteira entre cidade e linha de costa, num contexto dominado por infra-estruturas de grande porte?

A partir destas questões colocámos o exercício no limite entre a transformação poética e a experiência política, a partir de quatro tópicos complementares: Escala – a importância da escala na estratégia da intervenção; Limites – a espessura da linha de costa, artifício e mutações naturais; Produção – formas de habitabilidade complexas e integradas; Tempo – absorver o passado e integrar o futuro incerto."

MAAT, CCB & Fundação Calouste Gulbenkian
Debates: Talk, Talk, Talk nos dias 17, 18 e 19 de Novembro
“As exposições centrais serão o ponto de partida para três conferências a 17, 18 e 19 de Novembro, representando um segundo momento alto do programa da Trienal. Realizadas em espaços de conferência contíguos às exposições na Fundação Calouste Gulbenkian, Centro Cultural de Belém e MAAT, trarão a palco arquitectos, investigadores e actores destacados do panorama internacional da arquitectura. Estas conversas irão aprofundar a reflexão sobre os temas abordados nas exposições, lançando novos olhares e questões e abrindo caminhos para o debate.”




Subscrever E-Newsletter



 

BA

JA

mais

 

Encontre um Arquitecto
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA
Architects on business 2017