outras notícias
-
© Miguel Baltazar
Fundo para a reabilitação escapa às regras da contratação pública
20.02.2019



A lei manda apenas que sejam aplicados os princípios da contratação pública, deixando ao Fundo uma grande margem de manobra e flexibilidade nas empreitadas. Fundiestamo garante toda a transparência, mas a opção é polémica e a Ordem dos Arquitetos já se recusou a participar.



Artigo de
Filomena Lança
Jornal de Negócios — Economia
19 de Fevereiro 2019


Documentos
Subscrever E-Newsletter



 

TSF

JA

Newsletter JA

mais

 

AGENDA OA
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX CONHECER 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA