Não consegue visualizar este email? Veja no seu browser
e-newsletter mais n.º 146 | 7-4-2018 | Ano VII Ordem dos Arquitectos

Destaque  

Ordem dos Arquitectos recebida pela Presidência da República

A Ordem dos Arquitectos, enquanto associação pública profissional com a atribuição de regulação e defesa do exercício da Arquitectura e da profissão em Portugal, foi recebida na Presidência da República, no seguimento da aprovação em plenário da Assembleia da República, no passado dia 16 de Março, do Projecto de Lei n.º 495/XIII/2.ª, uma iniciativa legislativa que pretende permitir o exercício e a prática da Arquitectura a profissionais sem a devida formação habilitante, para além de promover alterações à legislação em vigor, em benefício dos agentes técnicos de arquitectura e engenharia (ATAE), de forma extemporânea e injustificada, considerando o processo legislativo que se iniciou com a primeira iniciativa legislativa por parte de cidadãos em Portugal, e que decorre em continuidade com o disposto na Lei n.º 31/2009.

A Ordem dos Arquitectos transmitiu a sua profunda indignação pela forma como este processo de alteração legislativa decorreu, e a sua profunda preocupação com a desregulação que se adivinha para o sector da construção, incluindo a possibilidade de outros profissionais sem qualificações para o efeito virem a realizar projectos de arquitectura.

De forma basilar, o alargamento do âmbito da profissão de arquitecto e da profissão de engenheiro a outros agentes não qualificados constitui um retrocesso ao enquadramento que vigorou com o Decreto n.º 73/73, o qual não tem qualquer justificação no contexto socioeconómico do país actual.

Neste sentido, tendo presente as competências e a actuação esclarecida que lhe reconhecemos, a Ordem dos Arquitectos deixou o apelo ao Senhor Presidente da República, para que considere a posição da Ordem dos Arquitectos relativa a este processo legislativo, lesivo da profissão de Arquitecto, do território, da paisagem e da qualidade de vida da população e que contraria a 1ª Iniciativa Legislativa de Cidadãos e a Resolução da Assembleia da República n.º 52/2003, de 22 de Maio.

Notícias  

Lisboa aposta na Reabilitação Urbana
De 9 a 15 de Abril

Participa na discussão pública
De 26 de Abril a 15 de Junho
Na sequência da resolução do Conselho de Ministros nº 44/2016, de 23 de Agosto, foi iniciado o processo de alteração do Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT), que se desenvolveu sob a liderança e a coordenação da Direcção-Geral do Território. A proposta estará em discussão pública a partir do dia 26 de Abril.
mais
---

LUNAWOOD® : projectos com madeiras termomodificadas
Lisboa | 18 de Abril
A madeira modificada Thermowood é obtida por tratamento térmico e sem adição de produtos químicos - 100% ecológica - respeitando as propriedades naturais da madeira. O processo de produção patenteado baseia-se na modificação térmica gradual da madeira, em que as propriedades químicas e físicas da madeira sofrem alterações permanentes (madeira termotratada não significa thermowood).
mais
---


MEMBROS
Inscritos: 23.605
WEBSITE
Visitantes/mês: 48.726
FACEBOOK
Seguidores: 27.768
[mais]
Subscritores: 26.233

Exercício de Arquitectura
SIGA-NOS NO FACEBOOK
 

[mais] é uma publicação digital bimensal que a Ordem dos Arquitectos (Conselho Directivo Nacional) envia às quartas-feiras, com uma selecção de informação/iniciativas por si promovidos bem como por outras entidades. A nossa equipa editorial selecciona para si as iniciativas e eventos que - esperamos - melhor servirão aos arquitectos, ajudando-os a estar sempre informados e atentos. Da abertura ao fecho da [mais] temos rubricas que o ajudarão a estar sempre a par do que se passa a nível de arquitectura e suas áreas-fronteira: +destaques, +notícias, +concursos/prémios, +oportunidades.

A informação da [mais] encontra-se alojada no nosso Website

A [mais] abre-se a contributos externos. Para contactos com a equipa editorial: AQUI
Para contactos de marketing e publicidade: AQUI

Copyright © 2018 Ordem dos Arquitectos. Todos os direitos reservados. Desejo sair da lista de contactos