cau . colégio de arquitectos urbanistas
-
Comunicado Conjunto da Mesa da Assembleia Geral e da Comissão Executiva
09.03.2021
Apesar das manifestações de interesse dos participantes na Assembleia Geral do CAU do dia 18 de dezembro, na apresentação de listas para os órgãos diretivos no próximo ato eleitoral, tal não se verificou dentro do prazo limite estabelecido, até 24 de fevereiro passado.

Perante esta situação anómala, os órgãos do CAU, que asseguraram e assegurarão ainda as funções de gestão, consideram ser seu dever garantir as condições formais necessárias à preservação e continuidade do Colégio dos Arquitetos Urbanistas, como forma de manter uma representação da atividade específica dos arquitetos como urbanistas no seio da sua Ordem Profissional.

Cinco razões principais justificam a decisão de propormos a reabertura de um novo procedimento eleitoral:

— A nossa convicção da importância da especificidade técnica, social e cultural dos arquitetos nas várias escalas em que se concretizam o ordenamento, o planeamento, o projeto e a gestão do território, participando nas equipas multidisciplinares que hoje os executam envolvendo muitas outras valências técnicas e profissionais;

— A dinâmica que foi possível gerar no Colégio, com diversas iniciativas próprias e de resposta a solicitações técnicas e institucionais, dinâmica que enfrentou limitações de recursos e de condições, foi congelada com o surgimento da Pandemia e agravada com as indefinições criadas pelo adiamento da realização das eleições previstas para final de 2019;

— O facto de, no período de 2017/2019, as adesões ao CAU terem duplicado o seu número de membros, atingindo mais de 140, situação que permitiu perceber o potencial de crescimento de que dispõe, tanto entre os profissionais ligados ao setor privado, como ao setor público ao qual era especialmente dirigido o Encontro Anual de 2018;

— A motivação e disponibilidades diversas manifestadas, cremos que apenas por razões de caráter logístico e administrativo não veio a concretizar-se em tempo útil numa candidatura, demonstrando a energia que o CAU contém, à qual se deve oferecer uma nova possibilidade de expressão;

— Finalmente, uma nova atitude manifestada pelo Conselho Diretivo Nacional, no sentido de valorizar o papel dos Colégios no funcionamento e na dinamização interna e externa da Ordem.

Vemos, por isto, condições e razões para que seja criada uma nova oportunidade para se mobilizarem vontades, criarem entendimentos e organizarem capacidades para dar continuidade ao Colégio dos Arquitetos Urbanistas, pelo que, em reunião realizada a 4 de março, decidiu a Mesa da Assembleia do Colégio e a sua Comissão Executiva dar início a um novo processo eleitoral esperando com isso mobilizar todos os membros num espírito de renovação dos órgãos do Colégio.

Em breve será divulgado o novo calendário eleitoral.

A Mesa da Assembleia
Luís Jorge Bruno Soares
Teresa Calix
Eduardo Rodrigues

A Comissão Executiva
Ana Queiroz do Vale
Francisco Serdoura
Diana Antunes
Ana Roxo
Paulo Silva


Portal dos Arquitectos

Secção Regional Norte

Secção Regional Centro

Secção Regional Lisboa e Vale do Tejo

Secção Regional Alentejo

Secção Regional Algarve

Secção Regional Madeira

Secção Regional Açores


Newsletter Arquitectos

Habitar Portugal

Terças Técnicas

Jornal Arquitectos

CEPA


Siga-nos no facebook
Siga-nos no Instagram
Siga-nos no YouTube

Contactos
TERÇAS TÉCNICAS ONLINE
OA
OASRN OASRS HABITAR PORTUGAL IAP20 OAPIX 1(-)1 CONGRESSO DOS ARQUITECTOS PORTAL DOS ARQUITECTOS
CAE CIALP DoCoMoMo FEPA UIA