Cerimónia de entrega no dia 26 Maio às 18:00

Nesta edição do Prémio foram distinguidas
duas obras ex aequo:

O Arquipélago — Centro de Artes Contemporâneas
na Ribeira Grande (São Miguel, Açores)
de João Mendes Ribeiro
e Francisco Vieira de Campos, Cristina Guedes
(Menos é Mais)

A Sede Corporativa da EDP
em Lisboa
de Manuel Aires Mateus e Francisco Aires Mateus